Jovem autista desenha Jair e Michelle Bolsonaro e é atacada

Uma adolescente autista foi atacada no Instagram por conta de um desenho feito por ela retratando o presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro. O fato ganhou repercussão após a ofensa ser duramente criticada pela primeira-dama nos stories de sua conta no Instagram.

– Ontem [segunda-feira, 10] fiz um post de um desenho que ganhei de uma garotinha autista. Olha a falta de sensibilidade e respeito por parte dessa pessoa, hellencrislopes2019, que entrou na página da menina para atacá-la. Podia aproveitar o tempo livre para lavar as louças, né – escreveu Michelle.

A ofensa, realizada por uma usuária identificada como @hellencrislopes2019, conforme citado por Michelle, foi feita em uma publicação na qual a adolescente Darah Elysa manifestou sua felicidade por ver sua arte ser compartilhada pela primeira-dama. No ataque, a internauta chamou o desenho da jovem de “lixo”.

– Um lixo esse desenho. Igual a cara deles mesmo. Eca!! – dizia o comentário, que foi posteriormente excluído da publicação.

O desenho em questão, que retrata Bolsonaro e Michelle na posse presidencial em 1° de janeiro de 2019, foi publicado originalmente pela jovem em seu perfil no Instagram, no dia 13 de dezembro. Já na postagem em que agradeceu pelo reconhecimento da primeira-dama, publicada nesta segunda-feira (10), Darah disse ser fã de Michelle.

– Estou muito feliz por ver meu desenho no story da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro. Toda honra seja dada a Deus. Sou fã, sim, dela, e a respeito. Devemos valorizar nossos governantes. Foi eleito pelo voto democrático. Aprendi com minha mainha [mãe] a respeitar a escolha – escreveu Darah.

Em seu perfil no Instagram, que é monitorado pela mãe, Daniela Bento, Darah compartilha desenhos não só do casal Bolsonaro, mas também de outros personagens da política, como a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, além de famosos como a ex-BBB Juliette Freire.