Web repercute fala de Messer e lança #RachadinhadaGlobo

As redes sociais iniciaram a manhã deste sábado (15) ainda sob a forte repercussão da delação do doleiro Dario Messer, revelada pela revista Veja, de que prestou serviços para a família Marinho, dona da Rede Globo, com repasses de dólares em espécie em várias ocasiões. O tema fez com que a emissora aparecesse entre os assuntos mais comentados no Twitter com a tag #RachadinhaDaGlobo.

E não foram apenas usuários anônimos que movimentaram o tema nas redes neste sábado. O ex-ministro da Educação e agora diretor-executivo do Banco Mundial, Abraham Weintraub, ironizou a emissora e chamou o fato de “notícia boa”.

Há tanta notícia boa hoje que nem sei por onde começar. Obviamente, eu leio jornais de verdade e que buscam a verdade. Não chego perto da imundice produzida pela família Marinho – escreveu.

Na delação, o doleiro afirmou que um funcionário de sua equipe entregava de duas a três vezes por mês quantias que oscilavam entre 50 mil e 300 mil dólares. Ele falou ainda que começou a fazer o negócio com família Marinho por intermédio de Celso Barizon, suposto gerente da conta da família no banco Safra de Nova Iorque.

Os repasses teriam começado nos anos 90. As quantias entregues em espécie no Brasil seriam compensadas pela família Marinho no exterior por meio de uma conta de Barizon.