Um bolsonarista na PF

Cotado para ser o novo diretor-geral da PF, o delegado Anderson Gustavo Torres se encontrou no dia 19 de agosto com o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Onyx Lorenzoni e Jorge de Oliveira, diz a Crusoé.

Dois dias depois, Torres teve uma nova reunião com Oliveira.

Quando esses dois encontros aconteceram no Palácio do Planalto, a relação entre Bolsonaro e Sergio Moro, a quem a Polícia Federal está vinculada, já estava azedada.

Leia a nota completa aqui.

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS
você pode gostar também