Último vídeo de Paulo Henrique Amorim é uma crítica necessária

Do Maracanã de Pelé à “selecinha de Tite”, o jornalista encerrou sua carreira com um vídeo cheio de críticas ao atual momento do futebol brasileiro

Nesta quarta-feira, 10, a notícia da morte de Paulo Henrique Amorim está percorrendo as redes sociais e os principais veículos de comunicação. O jornalista, que foi afastado da Record TV após pressões políticas ainda no mês passado, mantinha vivo seu canal no Youtube, “Conversa Afiada”, e seu último vídeo faz jus à carreira de quase 60 anos.

No vídeo, Paulo Henrique Amorim faz uma crítica à atual situação da seleção brasileira de futebol. O jornalista marcou presença na final da Copa América, entre Brasil e Peru, no Estádio do Maracanã, onde a seleção canarinho sagrou-se campeã.

Porém, o jornalista logo começa as imagens citando Nelson Rodrigues, e dizendo que ele tinha razão ao afirmar que o “Brasil já foi a pátria em chuteiras”.

Paulo Henrique Amorim deu um panorama político a respeito da construção do Maracanã e teceu críticas à atual seleção. “Essa selecinha do Tite não merece nossos aplausos”, comentou categoricamente.

O jornalista também não deixou passar batida a “sonora vaia”, como ele mesmo disse, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) enfrentou no estádio na última partida.

Assista ao vídeo:

você pode gostar também