Terrivelmente Gilmar

Gilmar Mendes, no programa do Pedro Bial, explicou a Jair Bolsonaro quem ele deve escolher para a vaga de Celso de Mello no STF:

“Ele disse que indicaria alguém terrivelmente evangélico. O importante é que indique alguém que saiba ler a Constituição, se for evangélico não terá nenhum problema”.

Gilmar Mendes não tem nenhum problema com o terrivelmente evangélico André Mendonça. O problema dele é com Sergio Moro.

A propósito: André Mendonça é favorável à prisão em segunda instância?

A PF ESTÁ NA MIRA. SERGIO MORO TAMBÉM. Leia aqui