Sondado pelo Palmeiras, zagueiro Gil reforça desejo de permanecer na China

Sondado pelo Palmeiras, zagueiro Gil reforça desejo de permanecer na China

Sondado pelo Palmeiras, o zagueiro Gil, do Shandong Luneng, iniciou a pré-temporada pela equipe chinesa e declarou que pretende seguir na equipe. O ex-Corinthians, de 30 anos, tem mais dois anos de

Leia tudo

Sondado pelo Palmeiras, o zagueiro Gil, do Shandong Luneng, iniciou a pré-temporada pela equipe chinesa e declarou que pretende seguir na equipe. O ex-Corinthians, de 30 anos, tem mais dois anos de contrato com o clube. Ele admitiu que foi procurado por alguns times brasileiros, estudou algumas propostas e preferiu permanecer na China.
– É reflexo do que a gente vem fazendo nos últimos anos (sondagens). E mostra que o pessoal acompanha o futebol aqui. Muito bom este reconhecimento e também o fato de o Shandong fazer questão de continuar comigo aqui. Acompanhei algumas notícias e meu empresário me passou outras, mas ainda tenho mais dois anos de contrato aqui na China e uma situação muito boa de trabalho – declarou Gil.

Contratado no início de 2016 pelo Shandong, Gil tem 71 partidas e três gols na equipe. Em seu primeiro ano no clube, disputou a Liga dos Campeões da Ásia e ajudou o time a chegar às quartas de final da competição. Em 2017, o time terminou na sexta posição do Campeonato Chinês, com 49 pontos, e não se classificou para o torneio continental.

Entretanto, o Shandong teve a defesa menos vazada da Superliga Chinesa, com 33 gols tomados em 30 partidas, ao lado do Tianjin Quanjian. Gil se vê adaptado no país e espera cumprir o contrato, que se encerra no fim de 2019.

– É algo que tenho conquistado aqui aos poucos. O carinho do povo chinês é muito grande e fico feliz com isso. Procuro me dedicar ao máximo para retribuir dentro de campo. Ano passado conseguimos ir bem, terminamos como a defesa menos vazada da Liga, e espero que 2018 possa ser melhor, brigando por títulos.

O Shandong Luneng iniciou sua pré-temporada em Guangzhou e, na próxima semana, continuará os trabalhos em Dubai, nos Emirados Árabes. A Superliga Chinesa começará em março.
 - Fonte: Globoesporte.com