Silas Malafaia pede para que o caso do mensalão seja julgado imediatamente

O Supremo Tribunal Federal se prepara para fazer o julgamento mais esperado dos últimos anos: O processo que apura o envolvimento de 38 réus no escândalo conhecido como mensalão.

O esquema de compra de votos se tornou o maior problema de corrupção da história do país denunciando importantes nomes da política nacional sendo alguns com envolvimento direto com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O caso tramita desde 2007 e momento aguarda o voto do revisor do processo, o ministro Ricardo Lewandowski, apenas com o voto dele é que o STF poderá realizar as sessões para julgar os réus.

Foi diante disso que o pastor Silas Malafaia resolveu cobrar agilidade e ainda pediu para que seus seguidores entrem em contato com os ministros do Supremo para que a votação não seja adiada para o segundo semestre.

“É importante que nós, evangélicos, expressando a nossa cidadania, enviemos e-mails aos ministros do STF para que o julgamento aconteça ainda este ano”, disse ele.

Malafaia é um grande formador de opinião principalmente entre os evangélicos, que hoje representam cerca de 20% da população brasileira segundo dados do IBGE. É para esse público que ele pede apoio quando trata de assuntos relacionados à política.

Leia texto escrito por Silas Malafaia sobre o tema mensalão:

É importante que nós, evangélicos, expressando a nossa cidadania, enviemos e-mails aos ministros do STF para que o julgamento aconteça ainda este ano.

Não queremos ver ninguém condenado simplesmente por perseguição política ou notícias na mídia, mas que a verdade e a justiça prevaleçam.

Se o Supremo Tribunal não julgar esta questão e deixar crimes serem prescritos, será uma vergonha e desmoralização para esta instituição tão honrada e fundamental para o Estado Democrático de Direito e todas as garantias constitucionais.

Com informações Verdade Gospel