Seriedade de Goldman ‘fará falta’, diz FHC

No velório de Alberto Goldman, Fernando Henrique Cardoso afirmou que o ex-governador deixa um legado de seriedade e correição, características que “fazem falta na política”, informa o Valor.

Geraldo Alckmin elogiou a postura de Goldman na política: “Uma luz para orientar os novos tempos.”

Bruno Araújo, presidente do PSDB, também compareceu ao velório. “Goldman sempre foi fiel a seus dogmas e princípios e é um exemplo para essa geração que inicia na vida pública, um exemplo de que é possível exercê-la com dignidade.”

Doria faz o contrário de Bolsonaro. Alternativa à direita para 2022? Confira
você pode gostar também