Secretário de Educação de Witzel é investigado por desvio de dinheiro

O secretário de Educação do governo Witzel, Pedro Fernandes (PSC), está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio por suposto envolvimento em esquemas de desvio de dinheiro.

De acordo com as apurações, ele teria recebido propina em contratos assinados pela Fundação Leão XIII. Os documentos foram estabelecidos entre 2015 e 2018 e somam R$ 66,5 milhões.

Na época, Fernandes era secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social da gestão do ex-governador Pezão.

O nome de Pedro Fernandes foi apontado pela Polícia Civil a partir de um caderno e de um celular apreendidos com Marcus Vinícius – sócio da empresa Riomix e um dos principais alvos do inquérito.

Outro lado

Em nota à imprensa, Pedro Fernandes diz que está ‘perplexo’ e que as acusações contra ele são ‘absurdas e fantasiosas’. O secretário de Witzel se coloca à disposição para prestar esclarecimentos à Justiça.