Se Bolsonaro levantar a borduna

A Folha de S. Paulo comentou a entrevista que Jair Bolsonaro deu à própria Folha de S. Paulo.

O editorial diz que, se o presidente levantar a borduna, ele tem de ser derrubado:

“Os prejuízos do destempero verbal — que envenena o ambiente da disputa política, perturba o dos negócios e deprecia a imagem do Brasil — são profundamente lamentáveis. Mas, quando ele ameaça romper diques da Constituição, aí tem-se bem mais que algo a lamentar.

‘Se eu levantar a borduna, todo mundo vai atrás de mim e eu não fiz isso ainda’, disse o chefe do Executivo na conversa com a Folha.

Espera-se que não tenha refletido suficientemente, como costuma acontecer, a respeito da bravata autoritária que deixou solta no ar.

A Carta não oferece bordunas ao governante. Manda impedir qualquer um que tente erguê-las contra o edifício do Estado de Direito.”

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS
você pode gostar também