Satisfeito com estreia em clássico, Scarpa não escolhe posição

Satisfeito com estreia em clássico, Scarpa não escolhe posição

O meia Gustavo Scarpa disputou seus primeiros minutos com a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras no clássico diante do Santos, realizado no Estádio Palestra Itália. Satisfeito com a chance de

Leia tudo

O meia Gustavo Scarpa disputou seus primeiros minutos com a camisa da Sociedade Esportiva Palmeiras no clássico diante do Santos, realizado no Estádio Palestra Itália. Satisfeito com a chance de enfim entrar em campo no último domingo, o jogador já avisou ao técnico Roger Machado que não tem preferência por posição.
Relacionado pelo treinador pela primeira vez, o ex-jogador do Fluminense iniciou o clássico no banco de reservas e foi colocado apenas aos 40 minutos do segundo tempo, no lugar de Lucas Lima. Com os acréscimos, ele jogou durante aproximadamente 10 minutos.

“Fico feliz com a estreia e, principalmente, com a vitória, que é o mais importante. É sempre uma responsabilidade vestir a camisa do Palmeiras. Espero que eu saiba lidar com ela e tenho certeza que vou conseguir”, afirmou Scarpa, ainda na saída do gramado.

Versátil, o jogador é capaz de atuar tanto centralizado quanto pelas beiradas do campo. Questionado sobre sua posição preferida em meio ao concorrido elenco palmeirense, o recém-chegado Gustavo Scarpa adotou postura diplomática e deixou a decisão a cargo da chefia.

“É dentro do campo a (posição) que mais gosto. Já deixei claro ao Roger que não tenho preferência. Estou à disposição do Palmeiras e do professor. O que eles acharem melhor para mim, vou cumprir”, declarou o jogador de 24 anos de idade.

Único time com 100% de aproveitamento nas primeiras cinco rodadas do Campeonato Paulista, o Palmeiras lidera o Grupo C com 15 pontos e volta a campo para enfrentar o Mirassol às 19 horas (de Brasília) de sábado, como visitane. Scarpa mira o título estadual, mas evita a euforia, apesar do início bem-sucedido.

“Nosso pensamento é o título, mas a gente pensa jogo a jogo. Sabemos da dificuldade do Paulista, o Estadual mais difícil do Brasil. Vamos fazer de tudo para conquistar”, afirmou o meia, tranquilo após a estreia. “Espero que, mais leve, consiga ajudar o Palmeiras”, completou.
 - Fonte: Gazeta Esportiva