Roger Machado saca Borja e testa Keno; Willian vira centroavante

Roger Machado saca Borja e testa Keno; Willian vira centroavante

O Palmeiras poderá ter Keno como novidade na equipe titular que encara o Santos neste domingo, às 17h (de Brasília), no Palestra Itália. Nesta quinta-feira, em treino na Academia de Futebol, o

Leia tudo

O Palmeiras poderá ter Keno como novidade na equipe titular que encara o Santos neste domingo, às 17h (de Brasília), no Palestra Itália. Nesta quinta-feira, em treino na Academia de Futebol, o técnico Roger Machado esboçou a entrada do camisa 11 na vaga de Miguel Borja.
Após dividir o elenco em quatro grupos, que trabalharam triangulações desde o meio-campo e finalizações ao gol, Roger montou sua formação titular e reserva. À princípio, os 10 iniciais (com revezamento entre os goleiros) tiveram Marcos Rocha, Thiago Martins, Antônio Carlos e Victor Luis; Felipe Melo; Willian, Lucas Lima, Tchê Tchê e Dudu; Borja.

Neste momento, o retorno de Victor Luis – poupado contra o Bragantino – ao time titular na vaga de Michel Bastos era a principal novidade. Uma sequência de chances desperdiçadas e movimentações equivocadas de Borja, porém, causou a entrada de Keno na equipe, com Willian sendo deslocado para a função de centroavante.

Assim, a equipe reserva teve Mayke, Luan, Juninho e Michel Bastos; Thiago Santos; Gustavo Scarpa, Bruno Henrique, Guerra e Hyoran; Borja. Artur foi coringa, enquanto Pedrão, Emerson, Luan Cândido e Fabiano atuaram nas extremidades do campo.

O objetivo da atividade era a compactação dos dois times e, para a equipe sem a bola, a concentração da marcação ora pelo meio, ora pelas laterais. Já quem tinha o controle do jogo deveria encontrar estes atletas nas extremidades e furar a marcação adversária.

Entre os suplentes, o destaque ficou por conta de Guerra e Scarpa. O venezuelano foi bem na movimentação e nos passes enquanto o ex-Flu atuou pelo lado direito e mostrou muita qualidade. Se fosse mantido na função em uma hipotética equipe titular, ocuparia a vaga de Keno ou Willian, dependendo de quem fosse o centroavante.
 - Fonte: Gazeta Esportiva