Rio Grande do Sul não vai esperar PEC paralela da Previdência

Eduardo Leite disse hoje que não vai esperar a reinclusão de estados e municípios em PEC paralela da reforma da Previdência e deve propor mudanças nas regras de aposentadoria dos servidores do Rio Grande do Sul, informa o Globo.

“Nós não vamos esperar, no Rio Grande do Sul, a reforma da Previdência no âmbito nacional. Eu entendo que esta PEC paralela, que ontem a CCJ no Senado aprovou a sua tramitação, vai se arrastar por longo período. A expectativa de que ela seja aprovada vai nos deixar paralisado, esperando que ela aconteça, e vamos descobrir no ano que vem, ano eleitoral, de que não terá reforma para os estados e vamos continuar pagando essa conta e ter perdido a oportunidade de aprovar no primeiro ano do governo.”

você pode gostar também