renan calheiros

Renan Calheiros: ‘Fui vítima da PGR como Lula foi da Lava Jato’

Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, comparou-se ao ex-presidente Lula (PT) quando disse ter sido vítima do PGR (Procuradoria Geral da República), assim como o PT foi vítima de Lava Jato.

Lula nem foi examinado. À medida que nos aproximávamos das eleições, iniciou-se uma investigação contra Lula e viram nas urnas que ele venceria a eleição. E aí pegaram o ridículo julgamento que estava acontecendo em São Bernardo e levaram para Curitiba, fizeram uma exibição pública de Lula, várias buscas e apreensões – disse o senador em entrevista ao UOL nesta segunda-feira (28)

Calheiros lembrou das 34 investigações que o grupo de trabalho federal havia lançado contra ele, que ele disse não ter provas. O deputado afirma que o facto de ter sido presidente do Congresso Nacional nas circunstâncias favoreceu o encaminhamento desta investigação.

Calheiros criticou a Operação Lava Jato, que considerou um passo além das fronteiras. Tornei-me Ministro da Justiça e sempre defendi a investigação. E acho que, em qualquer caso, o acusado deve ter a oportunidade de se defender. Uma coisa é você ser acusado de provas; outro está sem evidências. A Lava Jato tem contribuições civilizacionais, mas quando exagera extrapola os seus limites. Quando teve como objetivo político substituir a política, perdeu completamente o rumo e começou a desmoralizar – explicou.

A entrevista também atraiu críticas ao governo federal. Crítico Bolsonaro, o senador apontou falso brilho na administração. Estamos sob a égide de um orçamento paralelo; isto do ponto de vista orçamental. Este é um revés indescritível. Em 2020, o governo federal gastou R $ 8 bilhões com essa emenda do FP9 por meio do Ministério da Saúde. Não são mudanças parlamentares, mas mudanças clandestinas apresentadas a membros da base do governo – concluiu Calheiros.