Projeto amplia tempo da propaganda eleitoral gratuita nas eleições de 2020

O primeiro turno da eleição municipal será no dia 15 de novembro e o segundo, nas cidades onde houver, em 29 de novembro

Um projeto apresentado à Câmara dos Deputados prevê que os dois blocos diários exibidos pela emissoras, que originalmente terão 10 minutos cada, passem a ter 15 minutos

Após a mudança de data da eleição municipal deste ano, deputados agora podem ampliar o tempo da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. Um projeto apresentado à Câmara dos Deputados prevê que os dois blocos diários exibidos pela emissoras, que originalmente terão 10 minutos cada, passem a ter 15 minutos. O advogado especialista em Direito Eleitoral, Alberto Rollo, entende que a mudança, no entanto, traria gastos ao governo. Ele explica que a propaganda é gratuita para os partidos, não para a população brasileira.

A proposta, que ainda não tem data para ser votada, é da deputada Professora Dorinha, do DEM do Tocatins, que justifica dizendo que os candidatos não poderão fazer “corpo a corpo” com o eleitorado e, por isso, precisam de mais tempo no rádio e na televisão. O primeiro turno da eleição municipal será no dia 15 de novembro e o segundo, nas cidades onde houver, em 29 de novembro.

*Com informações do repórter Vítor Brown