Prefeito Petista acusado de cuspir em policial no Ceará

Um dos PMs envolvidos no imbróglio disse que o prefeito ameaçou os PMs e teria cuspido em um deles.

Dinho Nunes, prefeito do município de Palhano, no Ceará, se envolveu em uma confusão durante o carnaval na cidade.

Em conversa com o jornal O Povo, o político do Partido dos Trabalhadores (PT) contou sua versão da história:

“Um policial transtornado subiu no palco, tomou o microfone da cantora e instaurou o terror entre a população que assistia ao show, incluindo idosos e crianças. Chamei a Polícia Militar para tomar alguma providência, mas fui covardemente agredido pelas costas.”

Em depoimento na delegacia, um dos policiais envolvidos no imbróglio disse que o prefeito ameaçou os PMs e teria cuspido em um deles, o que obrigou os agentes a usarem a força. O petista negou o cuspe.

Informção RENOVA.