João Doria abriu a reunião de governadores com Rodrigo Maia dizendo que o objetivo da reunião não era construir “uma trincheira” contra Jair Bolsonaro ou o governo federal.

No entanto, em áudios obtidos por O Antagonista, Doria disse que a salvação para o Brasil nesta crise, “pelo que vi e ouvi”, depende dos governadores e dos presidentes da Câmara e Senado.

“Temos que salvar vidas. E, pelo o que eu vi hoje de manhã e ouvi ontem à noite, cabe a nós, governadores do Brasil, ao Congresso Nacional, com a liderança do deputado Rodrigo Maia e do senador Davi Alcolumbre, salvar o Brasil.”

Leia também: Maia colocou sua digital no golpe juntamente com Doria

Para Doria, Bolsonaro foi desrespeitoso ao propor reunião de conciliação com governadores e, depois, fazer um pronunciamento “equivocado” em rede nacional

“Eu considerei desrespeitoso ele ter proposto uma reunião de conciliação, consenso e harmonia com os governadores do Brasil e ter tido uma manifestação completamente extemporânea, equivocada, maldosa em relação ao brasileiros, como ele falou em rede nacional de televisão.”