Pastor pede “luz de Deus” para que eleitores votem em Serra

José Serra, candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, participou de um culto do Ministério do Belém em São Mateus, na zona leste, na última sexta-feira.

Os pastores da Assembleia de Deus prometeram a ele os votos dos fiéis e ouviram um pedido de líderes religiosos para que “Deus ilumine os corações para votar” no candidato.

Segundo o Diário do Grande ABC, o pastor Severino Pedro da Silva afirmou publicamente: “Temos 100 congregações que estarão votando no senhor. Que Deus lhe dê muita saúde e, como eu falei no início, Deus ilumine os corações para votar neste grande homem”.

A presença de Serra no culto não fazia parte de sua agenda pública, mas foi gravada e publicada na internet por um site evangélico.

Durante o culto, Serra falou sobre a ligação de Celso Russomanno (PRB) com a Igreja Universal. “Eu não tenho trabalho organizado. Outros candidatos têm no partido ou numa igreja, no caso da Universal”, disse ele.

A legislação eleitoral proíbe a realização de campanha dentro de templos religiosos, que são considerados bens públicos.

Por outro lado, Russomanno não irá comparecer ao debate promovido pela Arquidiocese de São Paulo com os candidatos a prefeitura. A coordenação da campanha havia estabelecido como condição para ele participar, uma reunião somente entre o candidato e o cardeal, visando desfazer o que chamaram de “mal-entendido” com a Igreja Católica.

Semana passada, a Arquidiocese emitiu uma “nota de repúdio” contra o presidente do PRB e coordenador da campanha, Marcos Pereira, que também é bispo da Igreja Universal, na qual o acusou de “fomentar a discórdia” em texto postado em seu blog, em 2011.