Oito crimes atribuídos a Paulo Preto prescrevem

O juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal de São Paulo, determinou a prescrição de oito dos 12 crimes atribuídos ao ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto.

Além desses oito, outros dois supostos crimes prescreveram parcialmente. A decisão foi publicada ontem.

Como completou 70 anos em março, Paulo Preto contou com a redução pela metade dos prazos de prescrição.

Com as prescrições, Paulo Preto — apontado como operador do PSDB — não vai responder criminalmente pelas supostas vantagens indevidas que teria recebido de Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht.

Até mesmo a “velha guarda” tucana já aceita Doria candidato em 2022. Saiba tudo
você pode gostar também