O PGR se abaixa

“Amigo de Augusto Aras há mais de quinze anos, Alberto Fraga se incumbiu de levá-lo ao encontro de Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada”, diz a Crusoé.

“Nos últimos dois meses, Aras esteve pelo menos sete vezes com o presidente. Na maior parte dos encontros, à noite e sem registro na agenda oficial do Planalto, estava acompanhado de Fraga.

Aras entrava no banco do carona da camionete Chrysler de Fraga. As visitas ocorriam, quase sempre, nos momentos em que já não havia mais jornalistas na portaria do palácio. Mesmo assim, Fraga orientava o procurador a se abaixar caso, de repente, aparecesse algum bisbilhoteiro interessado em ver quem estava a bordo. A ideia era manter a discrição.”

Leia a reportagem completa aqui.

 

“O momento é crucial, e o resultado do jogo pode ser determinante para o futuro de investigações como a Lava Jato…” CONFIRA AGORA
você pode gostar também