O Outro Lado do Paraíso: Natanael ameaça Duda com arma

O Outro Lado do Paraíso: Natanael ameaça Duda com arma

Natanael (Juca de Oliveira) ameaçará Duda (Glória Pires) neste sábado (27) em O Outro Lado do

Leia tudo

Natanael (Juca de Oliveira) ameaçará Duda (Glória Pires) neste sábado (27) em

O Outro Lado do Paraíso.


O advogado invadirá a casa de Clara (Bianca Bin), onde Duda está hospedada, disposto a acabar com ela. “Agora reapareci. Terá que aceitar as consequências de tudo o que me fez. Eu estou viva, a identificação dos documentos falsos já está nas mãos da polícia. Minha própria filha me reconheceu no tribunal. A trilha dos documentos falsos vai até o senhor. Eu imagino que muitas outras pessoas no meio do caminho ainda vão reconhecê-lo, apesar do tempo passado”, enfrentará ela, ainda sem saber que ele está armado.

“Vagabunda. Você sempre foi uma vagabunda. Eu tive ódio de você desde o momento em que pisou em casa, trazida pelo imbecil do meu filho. Casado com umazinha que podia ter por centavos. Tinha ódio quando a via com roupas boas, vivendo bem. Quando viajava. Era injusto, uma mulher que não valia nada ter tudo isso e carregar o nome de minha família”, dirá o vilão. Informações do Daniel Castro.

“Agora, quer me destruir. Tudo o que construí ao longo de tantos anos, uma vida inteira, toda minha honra, respeitabilidade, crédito, nas suas mãos! Eu não suporto! Não suporto! Eu odeio você. Vagabunda. Vagabunda. Morra”, falará. Nesse momento, o empresário apontará uma arma para ela.

Henrique (Emílio de Melo) coincidentemente também irá à casa de Clara para conversar com a ex-mulher e chegará justo nessa hora. Ele suplicará para o pai parar com o que está fazendo e também será rejeitado.

“Sempre foi uma decepção, Henrique. Imbecil. Eu não vou suportar a humilhação. A vergonha. Em toda a família… Eu só amo minha neta, Adriana [Julia Dalavia]”, falará Natanael, que sentirá uma dor no peito e cairá no chão.

Renato (Rafael Cardoso) fará uma massagem cardíaca e pedirá que uma ambulância vá até o local. No hospital, outro médico declarará que os esforços para salvar a vida do vilão foram em vão. “Esse tipo de notícia sempre é difícil de dar. Nunca encontrei a melhor maneira pra dizer. Mas o paciente foi a óbito”, afirmará.