O Outro Lado do Paraíso: Duda é inocentada com retorno de Renan

O Outro Lado do Paraíso: Duda é inocentada com retorno de Renan

A volta do Renan (Marcello Novaes) será decisiva para inocentar Duda (Gloria Pires) da acusação de assassinato de Laerte (Raphael Vianna) em O Outro Lado do

Leia tudo

A volta do Renan (Marcello Novaes) será decisiva para inocentar Duda (Gloria Pires) da acusação de assassinato de Laerte (Raphael Vianna) em

O Outro Lado do Paraíso

.No tribunal, a promotoria usará o acidente do passado da mãe da mocinha para apresentá-la como reincidente do crime. Adriana (Julia Dalavia) assumirá o caso de Duda no tribunal e surpreenderá a todos ao levar o ex-amante da mãe para dar sua versão sobre o passado de Duda. Ele revelará que não foi atacado como a acusação tentará convencer o júri e dirá acreditar na inocência dela.

“No decorrer do julgamento da ré, ela mesma confessou um suposto crime. A sua morte, por acidente. Como explica? A ré acredita que tenha falecido. Mas está aqui, vivo!”, questionará a advogada. Informações do Daniel Castro.

“Foi importante na minha vida. Mas breve demais. Ela foi me visitar. Separou-se. Não me conformei, discutimos. Eu tentei beijá-la à força. Ela não permitiu. Eu mesmo perdi o equilíbrio. Caí. Acordei no hospital. A batida de cabeça foi forte. Tive concussão cerebral. Amnésia parcial durante meses. Saí do hospital e soube das notícias da morte da Bete. Por isso, nunca a procurei”, recordará o empresário.

“A doutora Adriana me procurou ontem. Contou que Bete poderia ser condenada por… Minha morte. Eu não podia permitir. Vim imediatamente”, completará ele. Após o depoimento de Renan, a mulher fará suas considerações finais na defesa de Duda.

“A promotoria tentou passar a imagem da acusada como assassina contumaz. Afirma que matou o primeiro amante, mas ele está vivo. Que a morte do primeiro seria equivalente a uma prova do assassinato do segundo. Mas desse último, só há provas circunstanciais. Nem a tesoura, considerada arma do crime, tem as impressões digitais da ré. O que se viu aqui foi uma comédia montada pelo senhor promotor para incriminar uma inocente. Senhores jurados, conto com seu senso de justiça”, comentará.

Após um breve recesso, Gustavo (Luis Melo) contará os votos do júri e dará a sentença. “A ré é considerada inocente”, dirá.