O novo PGR e o velho STF

Segundo a Folha de S. Paulo, Dias Toffoli só deve pautar o julgamento sobre a prisão dos condenados em segundo grau depois que Jair Bolsonaro indicar o novo PGR.

É claro que a ala anti-Lava Jato do Supremo conta com um nome amigo no comando da PGR.

você pode gostar também