O genro do meu pai

No primeiro depoimento que deu à Lava Jato, Maurício Ferro admitiu ter recebido 6 milhões de reais do advogado Nilton Serson, “em razão de tê-lo indicado e contratado para trabalhar na Braskem”, diz O Globo.

Isso quer dizer que ele deu uma garfada no próprio sogro, Emílio Odebrecht.

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS
você pode gostar também