Nota da defesa de Queiroz

A defesa de Fabrício Queiroz enviou nota sobre a matéria de o Globo que mostra que o ex-assessor demitiu ex-mulher de miliciano que trabalhava para Flávio Bolsonaro para evitar uma vinculação entre o gabinete do filho do presidente e o criminoso.

“A defesa técnica de Fabrício Queiroz lamenta que mesmo diante da comprovada fragilidade de sua saúde, a devassa em sua vida pessoal e profissional não cessem, inclusive com o vazamento de informações relacionadas ao seu sigilo telefônico. De todo modo, tais diálogos tinham como objetivo evitar que se pudesse criar qualquer suposição espúria de um vínculo entre ele e a milícia. Na realidade, a senhora Daniele foi convidada por ele a participar do gabinete em razão do trabalho social relevante do qual participa. Infelizmente, ao que parece, neste momento, todo e qualquer fato é distorcido com vistas a revelar algo supostamente ilícito, quando, em verdade, somente houve trabalho sério, honesto e comprometido.”

TOFFOLI: A DECISÃO… E A COINCIDÊNCIA. Saiba mais
você pode gostar também