Mbappé revela por que recusou o Real Madrid e diz que não é mais fã de CR7: "Fui na infância"

Mbappé revela por que recusou o Real Madrid e diz que não é mais fã de CR7: "Fui na infância"

Uma das principais revelações do futebol internacional nos últimos anos, o francês Mbappé fechou com o Paris Saint-Germain na última janela de transferências e foi um dos principais nomes

Leia tudo

Uma das principais revelações do futebol internacional nos últimos anos, o francês Mbappé fechou com o Paris Saint-Germain na última janela de transferências e foi um dos principais nomes do ano de 2017. Mas seu futuro poderia ter sido outro. Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o atacante afirmou que recebeu oferta do Real Madrid, mas preferiu não aceitar o convite dos atuais campeões espanhóis e da Liga dos Campeões.

“(Não aceitei) Porque o PSG é a equipe da minha cidade, é como se uma criança de Madrid tivesse oportunidade de jogar no Real e fosse para outra equipe, em outro país. Eu queria jogar no PSG e estou muito contente por como as coisas têm acontecido”, afirmou Mbappé.

Vivendo boa fase no clube parisiense, onde forma trio de ataque com o brasileiro Neymar e o uruguaio Cavani, o jovem francês de apenas 19 anos irá encontrar o Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões. A primeira partida acontece na casa do Real, no estádio Santiago Bernabéu, e vai colocar frente a frente Mbappé e Cristiano Ronaldo, seu ídolo na infância.

Fã assumido de CR7, Mbappé também comentou sobre o gajo, eleito no último mês o melhor jogador do mundo pela quinta vez, igualando Lionel Messi como maior vencedor do prêmio.

“É um ídolo de minha infância, e foi muito legal conhecê-lo quando visitei Valdebebas. Mas sou um competidor, e uma pessoa competitiva quer ganhar sempre. Assim, pouco me importa quem enfrento. Fui seu fã quando era pequeno, mas isso acabou. Agora vou ao Bernabéu ganhar”, disse o atacante.

Companheiro e amigo de Neymar fora das quatro linhas, Mbappé também aproveitou para comentar sobre o jogador brasileiro, que é o principal nome do PSG e, para o francês, está no mesmo nível de CR7, que, ao lado de Lionel Messi, vence o prêmio de melhor jogador do mundo desde 2008.

“De alguém que tem cinco Bolas de Ouro só tenho a aprender. Cristiano é um grande jogador, mas aqui (no PSG) também temos grandes jogadores. O Neymar é muito parecido e praticamente no mesmo nível de Cristiano. O Cavani também é um goleador”, finalizou Mbappé.