(foto: AFP)
(foto: AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuou, nesta quarta-feira (8/4), suas críticas à forma como o presidente Jair Bolsonaro vem atuando durante a pandemia de Covid-19. O petista disse que, como não há votos para um impeachment pelo Congresso, a sociedade tem o direito de destituir Bolsonaro.”A sociedade brasileira talvez não tenha paciência para esperar até 2022″, disse Lula em entrevista à agência de notícias Associated Press. “A mesma sociedade que o elegeu tem o direito de destituir esse presidente quando perceber que ele não está fazendo o que prometeu. Um presidente que cometeu erros e está criando um desastre. Bolsonaro, neste momento, é um desastre.”

 

Esta não é a primeira vez que Lula argumenta que Bolsonaro se mostra incapaz de governar durante a crise causada pelo novo coronavírus. Em 25 de março, nas redes sociais, o ex-presidente defendeu a saída do atual ocupante do Planalto e disse que este “não pensa no povo” e tem agido de “forma eleitoreira”.