Líder do Centrão pode virar réu hoje no Supremo

A Primeira Turma do STF decide hoje se recebe uma denúncia contra Arthur Lira (PP) por corrupção e lavagem. É acusado de, em  2012, receber de R$ 106 mil de propina do então presidente da CBTU, Francisco Colombo, que teria sido indicado por ele para o cargo.

Segundo as investigações, o dinheiro foi recebido em espécie no aeroporto de Congonhas por um assessor parlamentar. O próprio deputado teria orientado o auxiliar que escondesse as notas debaixo da roupa, nos bolsos do paletó, junto à cintura e dentro das meias para viajar a Brasília.