Justiça de SP mandou prender mais de 2 mil condenados em 2ª instância neste ano

O Tribunal de Justiça de São Paulo informou à GloboNews que, só neste ano, expediu 2.290 ordens de prisão por condenações colegiadas.

Com a decisão de ontem do Supremo, caberá agora aos juízes responsáveis por cada caso avaliar se há motivos para manter os criminosos na cadeia com uma prisão preventiva ou soltá-los.

O combate à corrupção pode não ser o único derrotado com decisão do STF. Os avanços econômicos serão ameaçados. SAIBA MAIS AQUI