Governo não se mexe para aprovar prisão em segunda instância

Os brasileiros foram ontem às ruas para defender a prisão após condenação em segunda instância.

O governo, porém, não parece disposto a colaborar.

Segundo o Painel, aliados de Felipe Francischini, presidente da CCJ da Câmara, dizem que ninguém do Planalto telefonou para saber como ajudar o projeto para acelerar a PEC da segunda instância.

500 MIL REAIS PARA MATAR O ‘DR. JAIR’? Leia mais