Governador desafia ordens de Bolsonaro sobre coronavirus: “não vou pedir licença para ninguém”

Hélder Barbalho destacou na entrevista o diálogo acentuado com as secretarias de Saúde municipais, estaduais e federal para a contenção da Covid-19.

“Nada contra o governo federal, não queremos agir contra o governo federal. Agora, nós não vamos ficar esperando o governo federal agir. Nós vamos fazer aquilo que cabe ao governo do Estado e não vou pedir licença para presidente, para ministro, para ninguém, para proteger os paraenses”, afirmou Helder Barbalho.

As medidas tomadas até então em alguns estados, como fechamento de bares, restaurantes e demais serviços considerados não essenciais ajudam muito no combate ao coronavírus. No entanto, o governador do estado do Pará alertou, se necessário, poderá ir além disso e decretar quarentena.

Fonte: Diário Online