Globo perde ação na justiça e vai pagar R$ 30 mil a professor que não queria aparecer no programa de Huck

A Rede Globo de Televisão foi condenada a pagar a bagatela de R$ 30.000 mil por usar de forma indevida a imagem de um professor que foi usado no programa Caldeirão, de Luciano Huck.

A  justiça assim condenou conforme o processo, um ator contratado pelo programa de Huck que abordava as pessoas nas ruas e fazia a pergunta de quanto o cidadão tinha em dinheiro e essa quantia era acrescentada em 100x.

Porém para ganhar o prêmio, era necessário trocar de camisa com o ator.  Acontece porém que mesmo trocando a camisa, o professor não queria aparecer na TV, nem no programa citado, mas a Globo contrariando o rapaz mostrou seu rosto frente as câmeras.

O rapaz não queria aparecer  na Globo, a família do professor, disse que ele o (professor), vinha sofrendo chacotas por causa dos alunos em virtude de sua participação no quadro.

Luciano por ser o apresentador foi dispensado da ação judicial, todavia a emissora teve que pagar os R$ 30.000, ao cara. Quem diria que um dia a Globo serviria de chacota, por alguém não querer aparecer em um de seus programas. Trágico!