FGTS não pode ser tratado como ‘complemento de renda’, diz Maia

Em evento no Rio, Rodrigo Maia afirmou que o FGTS não pode ser usado como um “complemento de renda”, informa a Época.

“Estamos com uma preocupação para que não se use do dinheiro do FGTS do trabalhador tão rápido, não se estimule o gasto. Aquilo é uma poupança, não pode ser tratado como um complemento de renda.”

Bolsonaro e Toffoli: acordão à vista. Leia aqui
você pode gostar também