“É a primeira vez que este tribunal discute se o governo federal deve ou não prosseguir com uma campanha publicitária”

Em sessão do TCU, o ministro Augusto Sherman, ao abrir divergência à decisão de Vital do Rêgo de suspender imediatamente a propaganda do pacote anticrime, diz que não é papel do tribunal de contas suspender campanha publicitária.

Ele afirma que está há anos no tribunal e comenta:

“É a primeira vez que este tribunal discute se o governo federal deve ou não prosseguir com uma campanha publicitária. Não cabe ao tribunal ser juiz.”

Caso contrário, acrescenta Sherman, “todas as campanhas de todos os governos virão a ser questionadas no tribunal”.

EXCLUSIVO: A DELAÇÃO COMPLETA DE PALOCCI. Saiba mais