Durante operação contra fraudes nos Correios, PF encontra R$ 3,5 milhões na casa de um dos investigados

Conforme noticiado pelo Conexão Política, a Polícia Federalista (PF) deflagrou, nesta terça-feira (4), a segunda lanço da Operação Postal Off.

A força-tarefa visa desarticular uma organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de desviar para si clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais.

Foram 12 mandados de procura e consumição em São Paulo, Praia Grande, São Vicente e Rio de Janeiro, em residências de investigados e sedes da EBCT, seis foram cumpridos no Rio.

Na residência de um dos investigados, na capital fluminense, foi encontrado R$ 3,5 milhões em espécie.

A Justiça também expediu mandados de retraimento de funcionários dos Correios de suas funções e deferiu medidas cautelares.

Na medida de suas responsabilidades, os investigados poderão responder por devassidão passiva e ativa, estelionato, violação de sigilo funcional e formação de organização criminosa.