Dois erros

Em vez de insultar o pai de Michelle Bachelet, assassinado pela ditadura chilena, Jair Bolsonaro deveria se preocupar em indicar um PGR capaz de desengavetar o acordo da OAS, que financiou a campanha presidencial da socialista, aliada de Lula.

 

Autoridades e instituições que mais colaboraram na luta contra a corrupção no Brasil nos últimos anos estão cercadas. SAIBA MAIS
você pode gostar também