Desembargadores mantém condenação e haverá provável aumento de pena

Desembargadores mantém condenação e haverá provável aumento de pena

o recurso apresentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo do triplex está em julgamento agora no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), tal processo equivale

Leia tudo

o recurso apresentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo do triplex está em julgamento agora no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), tal processo equivale a segunda instância das ações da Operação Lava Jato.

Lula foi condenado na primeira instância pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e 6 meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na sentença, Moro sustenta que o ex-presidente ocultou a propriedade do triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo, e que o imóvel foi recebido como propina da empreiteira OAS em troca de favores na Petrobras.

A explanação feita pelo desembargadores indica três votos em favor da condenação do ex-presidente da república, portanto ele fica inelegível segundo a lei da filha limpa.