Deputados não querem arcar sozinhos com ônus da nova lei dos partidos

Se o plenário do Senado aprovar o novo relatório de Weverton Rocha, caberá à Câmara ressuscitar as aberrações suprimidas da nova lei dos partidos.

Deputados avaliam que ficarão com o ônus de uma medida impopular, enquanto os senadores desfrutarão do bônus do aumento do fundo eleitoral.

O clima azedou.

Fraude no Senado: a investigação virou pizza. LEIA AQUI