Com Estado endividado e quebrado, cariocas fazem protesto em prol de mais investimentos em Carnaval

Com Estado endividado e quebrado, cariocas fazem protesto em prol de mais investimentos em Carnaval

O banco francês BNP Paribas depositou, há dez minutos, R$ 2 bilhões nos cofres do Estado. Os computadores do governo já estão trabalhando para que o pagamento atrasado de servidores, aposentados e

Leia tudo

Recentemente o Estado carioca recebeu de um EMPRÉSTIMO do banco francês BNP Paribas a quantia de R$ 2 bilhões que se destinaria a pagamento atrasado de servidores, aposentados e pensionistas entre na conta deles hoje ainda. Os R$ 900 milhões restantes do empréstimo devem ser depositados em 60 dias. Mas o governo do estado diz que tentará antecipar a parcela para janeiro.

A situação de quebra do Estado foi divulgada abertamente em todos os jornais do Estado, mesmo assim os cariocas se juntaram para realizar diversos protestos pelo Estado em prol de "mais dinheiro para o carnaval".

O prefeito Marcelo Crivella fez uma redução drástica neste semestre aos investimentos voltados ao carnaval, o que causou grande revolta entre os cariocas.

"Acho que vou criar o bloco 'é conversando que a gente se entende'. Estamos enfrentando uma crise, e as crianças e as creches são prioridades. Temos de reavaliar e corrigir os custos do ano passado, quando houve um aumento do subsídio num momento de euforia", afirmou Crivella.