Cartão de crédito para negativado ou score baixo

Muitas instituições financeiras recusam cartão de crédito para negativado mas, nem sempre é pelo mesmo motivo, sabia?

Informações incorretas na hora do cadastro, histórico de crédito, score baixo, ausência de comprovação de renda recente e até mesmo o chamado “nome sujo na praça” podem ser critérios frágeis para a liberação dessa modalidade de pagamento.

Então, como fazer? A primeira coisa é não se desesperar, afinal de contas, existem instituições com regras mais flexíveis, ou seja, que liberam cartão de crédito com score baixo ou negativados.

A segunda atitude a ser tomada é, escolher com critério. É isso mesmo, existe não só uma, mas algumas opções de cartão de crédito para esse perfil de cliente.

Para ajudar nessa jornada, preparamos um conteúdo com informações e dicas essenciais, como:

  • Principais motivos para ter o cartão de crédito negado
  • Melhores opções de cartão de crédito para negativado
  • Dicas para escolher o melhor cartão de crédito com score baixo
  • Boas práticas para o uso do cartão de crédito com nome sujo na praça

Essas informações vão ajudar a encontrar o cartão de crédito ideal para esse momento financeiro delicado e, fazer com que ele torne uma ferramenta para a organização das suas contas. Confira!

Principais motivos para ter o cartão de crédito negado

Existem alguns motivos para ter o cartão de crédito negado em uma eventual solicitação e, saber quais são eles pode ajudar a se preparar para uma nova tentativa.

Entre as razões, existem algumas bem simples de resolver. Confira.

Informações incorretas

Para a solicitação de qualquer tipo de crédito, as instituições financeiras precisam de alguns dados para fazer uma análise de risco, afinal de contas, eles querem ter o recurso de volta, não é mesmo?

Assim, além de dados tradicionais como nome, endereço recente, documentos de identidade, também é preciso informar outros elementos que formam seu perfil.

A comprovação de renda é a mais comum nesses casos e, muitas vezes, as pessoas não inserem essa informação corretamente para não terem seus dados expostos ou por achar que outros valores podem facilitar o crédito.

Porém, as instituições financeiras consultam alguns bancos de dados que podem cruzar informações e constatar que existem incongruências no seu cadastro.

Na dúvida, preencha tudo conforme a verdade, mesmo que isso signifique dizer que não existe renda comprovada, ok?

Score de crédito

O score de crédito demonstra seu grau de comprometimento com os compromissos financeiros que assume.

Pagamentos regulares, dentro do prazo e até mesmo o número de contratos simultâneos são considerados para definir seu score.

Sua movimentação financeira

Para que o banco conheça o potencial de crédito que um cliente pode receber, precisa conhecer sua movimentação. Pagar contas pela conta corrente, receber depósitos ou salário também podem ajudar a mapear esse perfil.

Comprovação de renda

Por fim, um cartão de crédito pode ser negativado pela ausência de comprovação de renda que garanta que o cliente terá capacidade de pagamento da fatura.

Todas essas informações são avaliadas de maneira individual e juntas, ou seja, mesmo que você apresente um comprovante de renda, se tiver um score de crédito baixo, pode ter o cartão de crédito negativado.

Para evitar tal situação, a melhor estratégia é manter a saúde financeira em dia, fazer um planejamento para quitar despesas e não fazer novos compromissos até que os últimos já estejam finalizados.

Além disso, você pode procurar algumas opções de cartão de crédito para score baixo, ou seja, aqueles que não precisam de análise de crédito para serem liberados. Gostou da ideia? Então veja algumas indicações a seguir.

Melhores opções de cartão de crédito para negativado

Entre as opções de cartão de crédito para negativado presentes no mercado, algumas delas são mais conhecidas e valem a pena serem consultadas.

Cartão Banco Pan

O cartão do banco Pan tem uma das menores taxas do mercado, bandeira internacional e a possibilidade de anulação da anuidade conforme a utilização do cartão de crédito.

Para fazer a solicitação, é preciso acessar o site e preencher as informações, inclusive de renda. Porém, se você sabe que seu nome está negativado, não precisa desistir da tentativa pois esse não é um fator que impede a instituição de liberar o produto.

Cartão Banco Inter

O cartão do banco Inter também pode ser liberado para negativados, ou seja, vale a tentativa de fazer a solicitação. Ele também tem a anuidade isenta e taxas de juros reduzidas.

BMG card

Esse é um cartão de crédito para negativados que tenham um vínculo passível de consignação, ou seja, aposentados, pensionistas e servidores públicos.

O cartão de crédito não tem anuidade, é internacional e, de acordo com o uso, seus titulares ainda podem concorrer a prêmios mensais em dinheiro.

Cartão consignado do Banco Bradesco

O cartão de crédito para consignado do Banco Bradesco também pode ser liberado para quem está com o nome sujo na praça, inclusive funcionários de empresas privadas que fazem o pagamento da folha pelo banco.

Ele também é sem anuidades e tem tarifas bem atraentes, além de ser internacional e bandeiras Visa e Mastercard.

O Bradesco também libera esse cartão de crédito consignado para quem tem consignado como aposentado, pensionista ou servidor público, é claro.

Cartão pré pago Mercado Pago

O cartão pré pago também é uma boa opção para quem está negativado no mercado. Nesse caso, ele funciona na modalidade de crédito, pode realizar pagamentos parcelados mas, sempre, dentro do crédito previamente inserido pelo titular.

O cartão Mercado Pago é uma dessas soluções. Não cobra anuidade ou nenhuma outra taxas, apenas para a realização de saque, que é de R$9,90. Pode ser utilizado para compras internacionais, inclusive.

Para fazê-lo, basta ter uma conta no serviço Mercado Pago.

Cartão pré pago PagSeguro

Na bandeira Mastercard Internacional, o cartão pré pago da Pagseguro pode ser recarregado por boleto, transferência bancária ou pela conta no Pagseguro.

Não tem cobrança de anuidade, mas, para aderí-lo, é preciso pagar uma taxa de R$12,90, além da cobrança pelos saques realizados que é de R$7,50.

Apesar de não fazerem análise de crédito ou não terem restrição para liberar cartão de crédito com nome sujo na praça, essas empresas também pode negar  concessão da solução, ou seja, não existe obrigatoriedade, ok?

Dicas para escolher o melhor cartão de crédito com score baixo

A escolha do cartão de crédito para quem tem score baixo deve ser feita com os mesmos critérios que os demais, ou seja, avaliando quais os eventuais custos da modalidade e, claro, seus benefícios.

Por isso, faça uma lista de características que o cartão de crédito precisa ter e que são importantes para você, como:

  • não possuir cobrança de anuidade;
  • ter um bom limite de crédito;
  • modalidades de crédito disponíveis;
  • necessidade de fazer recarga;
  • tarifas para sua utilização, como a realização de saques;
  • bandeira;
  • permissão para uso em território estrangeiro ou em e-commerces internacionais;
  • permitir pagamento de outras faturas;
  • ter taxa de juros menores que os da concorrência;
  • permitir a participação em programas de vantagens da bandeira ou especiais;
  • ter outros benefícios que facilitam seu uso, como o contacless, que é a tecnologia que permite o pagamento por aproximação, oferta de aplicativo para gestão da fatura etc;

Depois de listar seus critérios pessoais, basta comparar as opções disponíveis para seu perfil e fazer a escolha certa.

Dica do blog

É bom lembrar que, com o tempo de uso consciente, seu limite de crédito e condições comerciais podem melhorar, seja com a instituição financeira atual, seja seu score de crédito no mercado.

São as políticas de relacionamento e o seu histórico de crédito mudando de figura e tornando-se cada vez mais desejado para novas modalidades e limites, por isso, capriche!

Boas práticas para o uso do cartão de crédito com nome sujo na praça

Então, agora que você já conhece quais as opções de cartão de crédito para negativado, que tal estudar quais as boas práticas para utilizá-lo eficientemente?

Conheça as regras do cartão de crédito

Você precisa saber tudo sobre o cartão de crédito, ou seja, qual seu limite, data de fechamento da fatura e de pagamento.

Quais são os juros e multas no caso de esquecimento do pagamento e se existem tarifas para o uso do cartão de crédito para quitar outras faturas, por exemplo.

Tudo isso vai contribuir para que você utilize o cartão de crédito de forma consciente, ou seja, sabendo as consequências que ele trará para você, seja dar mais um respiro na hora de pagar uma compra, seja cobrar juros pelo esquecimento do dia de pagar a fatura.

Não pense que o limite é para ser utilizado integralmente

Pode parecer uma brincadeira mas, algumas pessoas interpretam o limite do cartão de crédito como um dinheiro que elas possuem, quando na verdade, trata-se de um empréstimo com prazo de até 40 dias para o pagamento.

Por isso, cuidado ao olhar para o limite de cartão de crédito e, principalmente, cuide para não comprometê-lo de uma vez só. Estabeleça uma meta de gasto de acordo com sua capacidade de pagamento.

Se seu limite é de R$2.000,00, por exemplo, mas dentro do seu orçamento mensal, só pode ter um gasto de R$200,00, tenha em mente que esse é o patamar máximo para seus gastos.

Você pode usar R$200,00 cada mês ou, fazer uma compra parcelada de R$600,00 em três meses, mas, sua despesa com cartão de crédito mensal não pode ultrapassar seu limite de pagamento, combinado?

Fuja do pagamento mínimo

Se a regra de estabelecer um limite de gastos mensais não funcionar, fuja do pagamento mínimo. Você pode tentar recursos com parentes ou, em último caso, até parcelar a fatura.

O pagamento mínimo faz com que todo o restante não pago seja refinanciado no crédito rotativo, um dos mais caros do mercado, e acumula o valor na fatura seguinte, apertando ainda mais seu orçamento.

Esquecer o pagamento da fatura também não é uma boa prática, afinal de contas, além do refinanciamento do valor total não pago, você ainda vai pagar multa de 2% sobre o valor e juros de mora a cada dia de atraso.

Avalie seus gastos

Usar o aplicativo do cartão de crédito, para controle de finanças ou o bom e velho caderninho de anotações é essencial para analisar seus gastos com o cartão de crédito.

Veja quais são seus maiores gastos e, se possível, tente cortá-los ou diminuí-los. Diminuir as despesas mensais é um passo importante para conquistar a saúde financeira e, em vez de pensar em soluções de crédito, começar a pensar em investimentos, pense nisso!

Aproveite os benefícios do cartão de crédito

Cartões da bandeira Mastercard e Visa possuem benefícios, assim como é o caso de outras soluções dessa modalidade que oferecem clubes de vantagens, descontos e até mesmo, cashback.

Aproveite todos os benefícios para diminuir seus gastos necessários. Toda ajuda é válida, certo?

Mais importante que conseguir o cartão de crédito é saber utilizá-lo corretamente. Da mesma forma que alguns tropeços na hora de organizar seus pagamentos podem diminuir seu acesso ao crédito, demonstrar que sua gestão financeira está mais saudável também ajuda.

É bom lembrar que os juros do cartão de crédito para negativado ou não, são altos e você deve fazer tudo para não incorrer neles. Isso também é uma forma de poupar dinheiro, aliás, já que você não vai gastar pagamento juros que não acrescentam em nada na sua vida.

Então, esse conteúdo te ajudou? Pois saiba que tem muito mais conhecimento de onde ele veio. Assine a newsletter do iDinheiro e receba uma seleção de materiais práticos para a gestão das suas finanças.