Caiado admite que Estado terá dificuldade de pagar os salários de abril

O governador Ronaldo Caiado (DEM) informou em entrevista  que o Estado conseguirá pagar os salários do mês de março ao funcionalismo até o fim do mês, mas admitiu que terá dificuldades para quitar a folha de abril, por conta dos impactos da paralisação das atividade econômicas causada pela pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à Agência Brasil Central, na sexta-feira (20), Caiado revelou que a queda da arrecadação em maio e junho seria em torno de 50%.

A informação sobre a dificuldade do Tesouro foi revelada com exclusividade pela Sagres nesta segunda-feira (23). A Sagres informou que, em reunião com os representantes dos demais poderes (Assembleia e TJ-GO) e os órgãos autônomos (MP, Defensoria Pública e Tribunais de Contas), o governador confirmou que o Estado pagará o mês de março, mas que terá dificuldades para quitar o salário de abril.

De acordo com relatos de participantes da reunião de sexta-feira (20), a situação é “preocupante”, pois a arrecadação “despencou” desde o início da pandemia. Novamente, Caiado fez uma previsão de que a queda pode chegar a 50%. A Secretaria de Economia tem uma estimativa otimista de queda de 20% na receita nos próximos três meses, o que significaria perda de aproximadamente R$ 4 bilhões nos cofres do Tesouro em 2020.