Boulos disputará Prefeitura de São Paulo pelo PSOL; Erundina é vice

Candidato venceu as prévias do partido com 61% da preferência entre os filiados, contra Sâmia Bonfim e Carlos Gianazzi

Boulos e Erundina concorrem à prefeitura de São Paulo pelo PSOL

Guilherme Boulos concorrerá a Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, Partido Socialismo e Liberdade. Anunciado como pré-candidato do partido neste domingo, 19, o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) venceu a preferência dos filiados com 61% dos votos em prévias realizadas no final de semana, contra a deputada federal Sâmia Bomfim e o deputado estadual Carlos Gianazzi. A chapa, lançada em março deste ano, tem Luiza Erundina como vice-prefeita.

No Twitter, Boulos comemorou a vitória e cumprimentou os correligionários pelo que chamou de “processo democrático” dentro do PSOL. “O partido sai mais forte e unido. Vamos vencer em SP!”, publicou o coordenador do MTST na rede social.

Guilherme Boulos foi candidato à presidência da República em 2018, também pelo PSOL. Ele somou 617 mil votos na eleição, pior desempenho do partido desde 2010. Já Luiza Erundina foi prefeita de São Paulo entre 1989 e 1992, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), e desde 1999, ela vem sendo eleita para a Câmara dos Deputados sucessivamente tanto pelo PT, quanto pelo PSB e pelo PSOL, desde 2016.

Por causa da pandemia de coronavírus, as eleições municipais no Brasil foram adiadas de 4 de outubro para 15 de novembro, com segundo turno em 29 de novembro.