bolsonaro

Bolsonaro insinua perseguição por autoridades chantageadas

O Presidente Jair Bolsonaro publicou, na noite deste domingo (4), uma série de mensagens enigmáticas em seu Twitter, sugerindo que ele estava sendo perseguido por algum tipo de autoridade chantageada.

O Presidente iniciou que se oficial em Uma cena com menores (ou pessoas do mesmo sexo ou traficantes) foi filmada e aquele a quem Bolsonaro deu o codinome de Daniel começou a chantagear e ameaçou publicar o vídeo.

Bolsonaro passou a fazer um trecho da Vida Secreta de Fidel descrevendo o plantio desse tipo de material, dizendo que é usado no Brasil e importado pela esquerda, dizendo que as autoridades cubanas estão simplesmente tomando decisões absurdas para cumprir as exigências de Daniel , o chantagista.

O presidente afirmou ainda que se os chantagistas não encontrarem nada para culpar o seu principal alvo, os chantagistas vão processar seus filhos, parentes e amigos sem deixar claro quem falam.

E Bolsonaro deixa de citar investigações, alegações absurdas, quebra de sigilo, prisões arbitrárias e mandados de busca e apreensão. Todas essas medidas foram tomadas recentemente pelo STF ou pela CPI da Covid contra seus aliados.