Bolsonaro convoca reunião para discutir futuro do chefe da Secom

O presidente Jair Bolsonaro convocou uma reunião hoje (15) para discutir a possibilidade de afastamento do secretário especial da Comunicação Social (Secom), Fábio Wajngarten, da empresa da qual é sócio, a FW Comunicação e Marketing. 

Na tarde de hoje, a Folha divulgou que Wajngarten recebe dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pelo governo Jair Bolsonaro, através da FW.

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, já teria alertado ao presidente que, se Wajngarten não fez declarações oficiais corretamente sobre vínculo com empresa, o único caminho é que ele peça para deixar o governo.