Bolsonaro agora ataca Bachelet

Jair Bolsonaro foi ao Twitter e criticou Michelle Bachelet, ex-presidente do Chile e atual comissária da ONU para os Direitos Humanos.

Bachelet, em entrevista coletiva hoje em Genebra, se disse “preocupada” com a situação no Brasil, criticou a violência policial e afirmou ver “um encolhimento do espaço cívico e democrático” no país.

“Michelle Bachelet, Comissária dos Direitos Humanos da ONU, seguindo a linha do Macron em se intrometer nos assuntos internos e na soberania brasileira, investe contra o Brasil na agenda de direitos humanos (de bandidos), atacando nossos valorosos policiais civis e militares”, tuitou Bolsonaro.

Bolsonaro também postou uma foto de Bachelet ao lado de Cristina Kirchner e Dilma Rousseff.

Sergio Moro já estuda, reservadamente, o melhor momento para deixar o cargo. CONFIRA
você pode gostar também