Bolsa Família 2021

Bolsa Família 2021: Novos Valores e Calendário de Pagamentos

Você é beneficiário do Bolsa Família 2021? Se a resposta for sim, então é bom seguir este artigo porque abordamos todos os detalhes do Bolsa Família deste ano e, além de mostrar os novos valores, também mostramos os planos de pagamento para este ano de 2021.

Vale lembrar que com a chegada da pandemia em 2020 e posteriormente a introdução do auxílio emergencial em todo o Brasil, o benefício do Bolsa Família foi substituído pelo auxílio emergencial, mas essa regra ainda é válida, o que for maior, o valor será prevalecer.

O Bolsa Família 2021 certamente nunca foi mais necessário do que no tempo que vivemos devido à grande recessão econômica em que vivemos causada pela pandemia, nunca antes na história houve uma recessão econômica global tão grande como agora.

Bolsa Família 2021

Em primeiro lugar, é preciso lembrar que o programa Bolsa Família é um programa que transfere renda de recursos do governo federal para as pessoas mais pobres do nosso país, mas após a mudança de governo, o programa tem algumas mudanças experimentadas, vamos aprender sobre todas essas mudanças.

É importante ressaltar que existe a possibilidade de a ajuda emergencial ser renovada mais uma vez, assim como o programa Renda Cidadã, que vem substituindo o Bolsa Família, entretanto, o governo retirou-se e o programa permaneceu sob esse nome e nessas bases; o tradicional Bolsa Família.

Em 2021, a proposta do programa prevê a arrecadação de mais recursos, potencialmente do orçamento do Estado, para ajudar milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade. Segundo o secretário estadual, mais famílias serão adicionadas ao cadastro neste ano de 2021.

Pagamentos do Bolsa Família 2021

Uma mudança importante foi justamente a forma de pagamento do programa, a Caixa Econômica passou a fazer depósitos para os beneficiários por meio da caderneta de poupança social digital. Dessa forma, todo cidadão que receber o benefício terá conta na Caixa Econômica Federal.

Permite que os beneficiários continuem a sacar fundos usando o cartão do Bolsa Família ou o cartão do cidadão, mas a conta digital, também conhecida pelos brasileiros como Caixa Tem, é utilizada desde o ano passado, tanto para saques bem como para o resgate do FGTS.

Dessa forma, o caixa passou a oferecer a possibilidade de fazer saques no banco, seja com cartão de cidadão ou do Bolsa Família, seja saque também em caixas lotéricas e também em caixas eletrônicos credenciados. Isso realmente tornou o acesso muito mais fácil.

Como usar o aplicativo Caixa tem para receber do programa Bolsa Família

Para utilizar o aplicativo Caixa Tem, não é necessário se cadastrar ou receber novas senhas. O beneficiário pode usar exatamente a mesma senha do cartão social. Ao receber o crédito, também é possível fazer compras em padarias, supermercados e farmácias com o cartão de débito virtual presente na plataforma Caixa Tem.

A plataforma permite o pagamento de contas de telefone, luz, água e até extrato bancário, independente de sua procedência, caso ainda não tenha acesso à plataforma Caixa Tem, você precisará se deslocar em qualquer agência federal da Caixa Econômica com seus documentos pessoais para fazer sua inscrição desta forma.

O público em geral que tem direito ao programa Bolsa Família são as pessoas menos afortunadas que vivem na pobreza ou na miséria. Por isso, é preciso ter cuidado ao cumprir todos os requisitos básicos para o recebimento do Bolsa Família ou Auxílio Emergencial.

Quem tem direito a receber o benefício

  • Famílias em situação de pobreza com renda mensal de até r$ 89 por pessoa.
  • Famílias em situação de pobreza com renda mensal entre r$ 89 e r$ 178 por pessoa.
  • Famílias em situação de pobreza que fazem parte do programa e terem crianças, gestantes ou adolescentes de 0 a 17 anos.

Informações importantes

Para se cadastrar, é preciso os seguintes documentos: certidão de nascimento, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, título de eleitor, comprovante de residência e para os dependentes é necessário também a certidão de nascimento e o RG do dependente em questão.

Os valores para Bolsa Família 2021 são de r$ 89 mensais para famílias que se encontram em situação de pobreza, já o benefício variável, é concedido para as famílias em situação de pobreza extrema, em que possuem crianças, gestantes ou adolescentes, nesse caso o valor pode ser de r$ 41, sendo que cada família pode acumular até 5 benefícios.

Famílias com adolescentes de 16 e 17 anos poderão obter até 2 benefícios sendo de r$ 48 cada um. Existe também o benefício para superação da pobreza extrema, sendo que cada família poderá receber apenas um benefício por mês, o valor será calculado através da renda da família.  Para mais informações acessem as plataformas oficiais do governo.