Bloqueio de bens de traficantes triplica com Moro e Valeixo

Além da apreensão recorde de cocaína no primeiro semestre de 2019, divulgada por Sergio Moro, a Polícia Federal registrou entre janeiro e julho deste ano o bloqueio de 548,1 milhões de reais do crime organizado ligado ao tráfico de drogas, diz a Crusoé.

O número é quase o triplo do que foi apreendido no mesmo período do ano passado, que ficou em 190,7 milhões de reais.

Deu para entender por que Sergio Moro e Maurício Valeixo formam um time que não deve ser tocado?

Leia a reportagem completa aqui.

Procuradores da Lava Jato: “É o maior golpe sofrido pela operação até hoje.” Mais aqui
você pode gostar também