#BarrosoNaCadeia entra para o ranking mundial do Twitter

Na segunda-feira (2), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade a abertura de inquérito administrativo sobre ataques à legitimidade das eleições.

O plenário do TSE também aprovou, por unanimidade, o pedido encaminhado ao Tribunal de Justiça da União (STF), para que o presidente Jair Bolsonaro seja investigado na apuração da notícia falsa. O pedido foi feito diretamente por Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, a Alexandre de Moraes, ministro do STF.

O Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro Barroso participaram direta e indiretamente numa troca de alegações, em particular sobre a votação impressa verificável.

Nas redes sociais, os internautas elogiam a hashtag #BarrosoNaCadeia, que se tornou um dos assuntos mais discutidos no mundo no Twitter. Ao final da manhã daquela quarta-feira (4), o dia já contava com mais de 260 mil menções na plataforma.