Até Cabral quer ser beneficiado por decisão do STF

A defesa de Sérgio Cabral entrou com um pedido na Vara de Execuções Penais do Rio para que ele também seja beneficiado com a decisão de ontem do STF, informa Lauro Jardim.

A advogada do ex-governador do Rio, Patrícia Proetti, alega que em um dos processos ele está preso sob “execução provisória de pena” –ou seja, começou a cumprir a condenação sem que todos as possibilidades de recurso tenham se esgotado.

Condenado 12 vezes na Lava Jato, Cabral acumulou penas que somam mais de 260 anos de prisão.

As consequências para o Brasil da decisão do STF de sepultar a prisão de condenados como Lula. LEIA AQUI