Advogado que embarcou junto com Braz e Spindel na “missão Balotelli” já ajudou nas contratações de Marí e Gerson

“Agora vai”: esse é o pensamento que diversos torcedores do Flamengo passaram a ter após Marcos Braz e Bruno Spindel viajarem à Europa para ajustar os termos em relação ao centroavante Mario Balotelli. De fato, as negociações esquentaram, e é possível que o Rubro-Negro feche com mais um reforço de peso na temporada. E para que isso aconteça, o clube está contando com um aliado de peso, que é o advogado Marcos Motta.

Conhecido no meio futebolístico, não é novidade para Marcos estar envolvido com questões ligadas ao Flamengo. Em 2018, ele participou da defesa de Paolo Guerrero no caso de doping, quando o peruano jogador do Fla. Mais recentemente, ele também teve participação nas chegadas de Pablo Marí e Gerson ao clube da Gávea, conforme informou o jornalista Venê Casagrande.

Situação de Balotelli

Mesmo com os avanços, o negócio ainda é considerado difícil. Isso porque, o empresário Mino Raiola, que é um dos representantes de Balotelli, não quer o atleta no Brasil. Conhecido por agenciar grandes estrelas do futebol mundial, o agente tenta encontrar times na Itália para seu cliente.

Em contrapartida, Balotelli já demonstrou interesse em conhecer melhor o Flamengo. Com boas experiências no Brasil e fã do Rio de Janeiro, o atacante não vê uma possível vinda ao futebol nacional como ruim para sua carreira. Em meio a isso, ainda vale destacar que Marcos Braz, vice de futebol do Fla, já havia avisado que não iria à Itália se não tivesse a perspectiva de fechar o negócio. Sendo assim, a tendência é que as próximas reuniões, de fato, decidam o futuro do badalado artilheiro.